Teônia Soares

Quem ama, tem olhar diferenciado. Teônia  Soares

Textos


A Rega Certa  BVIW


                                                                                          (Imagens Google)    

 

Helena era tão romântica, vivia com os olhos no céu, admirando a lua, falando com as estrelas, pegando carona nas manhãs ensolaradas, nas brancas nuvens recheadas em tantos sonhos  com seu príncipe encantado; vivia escrevendo, romantizando tudo, desde uma simples frase até a maldade narcísica  dos velhos lobos famintos, querendo fazer refém vários corações "ingênuos", pelo simples  prazer do  próprio umbigo.
Helena era daquelas que chorava, se entregava as emoções, fiel a ela mesma, ao que sentia; e o  lobo, já sabe, já vinha contraindo sua mandíbula, em seus risos sinistros e olhar desumano, próprio do caráter de quem faz parte da alcatéia.

Helena continuou acreditando no amor, esse jamais morrerá, afinal de contas, há tanta gente boa no mundo, transparente e verdadeira, de brio,  honradez; se tornou mais esperta, o tempo passa ensinando, abre um leque, saber amar é para quem merece e paga o preço, é para o coração amadurecido que sabe o que quer, um tanto puro, respeita o outro, não o vê como um "qualquer"; hoje ela só mostra seu coração depois de um certo tempo de conhecimento, depois que descobre o caráter, se realmente é uma pessoa que cumpre sua palavra, ou se suas conversas são feito poeira no tempo que...cof...cof...cof...é um tossir constante.
Helena aprendeu bem a lição, se escuta, se vê, hoje é apaixonada, ama a mulher que se tornou, segura do que quer, dona do que construiu dentro de si, já não procura fora o que somente no interno encontra, o amor próprio sustenta, alimenta, mantém em pé, como música para seus ouvidos, fala sempre em voz alta: 

" Se rega por dentro, e seja a flor que mora em teu ser."



 
Teônia Soares
Enviado por Teônia Soares em 19/01/2021
Alterado em 19/01/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras