Teônia Soares

Quem ama, tem olhar diferenciado. Teônia  Soares

Textos

Grata Canção BVIW






 
Cantar sempre foi um travesseiro macio para mim, seja chorando, rindo, o canto veio logo cedo fazer parte da minha vida. Desde cedo meu pai,  escutava todo forró, mas tinha coleções de músicas eruditas, então de Luiz Gonzaga a Bach, era normal para meus ouvidos ainda tão pequeninos, que me tornasse admiradora das boas músicas; me tornando eclética, e aplaudisse e cantasse, assim, amaciando dores, enxergando mais cores, fazendo com que minha sensibilidade ficasse cada vez mais aguçada, a ponto de vir a dança e a escrita, que era a mesma coisa que o ar que eu respirava.
Coisa bonita é cantar além dor, ver o que de bonito ainda há, sair de si, caminhar entre notas musicais,  bailando de mãos dadas ao bê-á-bá da vida, chorando e rindo ao mesmo tempo, e já fiz isso tantas vezes...confesso que é deixar inebriar-se do momento, pegar naquele instante a emoção com força e a fé como estrada para seguir rumo ao alto numa escada não de ilusão, mas sonhada, porque no final esse sonho é realizado, toda dor um dia é sanada, só o riso segue o caminhar, o vento bom gesticula para a alma a coreografia dos anjos para a grande entrada; enquanto isso, estou aqui ainda, ensaiando, enquanto houver um sol lindo, continuarei dançando e cantando, até o momento dourado tomar conta de mim, aqui eu não mais existir, porque em outro patamar estarei.
Aleluia! Como DEUS é bom para todos nós! Vivamos em grata canção em forma de oração.




Desejo bênçãos em 2021 para todos, com superação!
Teônia Soares
Enviado por Teônia Soares em 05/01/2021
Alterado em 06/01/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras