Teônia Soares

Quem ama, tem olhar diferenciado. Teônia  Soares

Textos


Meu amado Brasil,
 
Hoje acordei em oração por você, emocionada, meus olhos encheram de lágrimas, apesar de tudo, agradeci a DEUS por ser brasileira, por ter nascido aqui, um país tão rico, tão lindo, tão cheio de cicatrizes feitas por seus próprios filhos. Desde criança, na pequena cidade onde nasci, meu coração pulava de alegria, quando na data de hoje eu era acordada com a banda tocando para você meu Brasil, meu coração acelerava tanto quanto o barulho dos foguetes, sentia meu peito estufado, por ser filha desse chão que hoje chora, que hoje implora até por suas matas, seus animais, rios, terem o direito à vida. O que fizeram com você, meu verde e amarelo? Há quanto tempo estão despindo suas vestes? E para que? Quiseram sua riqueza, mas negaram o zelo que você merece, negaram o coração grato do verdadeiro brasilero que tem em seu peito não só as cores verde e amarelo, mas as cores mil, que pertencem a você, meu Brasil!  Ah, se um dia eu soubesse que um filho seu vestiu realmente sua camisa e o defendeu como você merecia e merece... ah, como eu morreria mais sossegada um dia, se eu soubesse que surgiu alguém desprovido de interesses próprios, e esse alguém tivesse como meta o zelo que hoje você implora, meu Brasil!
Escuto tantas pessoas falarem o que você não merece escutar, se hoje seu estado é sofredor, e já não consegue estender a mão aos seus filhos, é porque os seus outros tantos filhos que passaram por você só abusaram de sua riqueza, não tiveram olhos cuidadosos, amorosos e gratos ao que você sempre deu, mesmo assim, você continua lindo, amado, e ainda tem dado o melhor de sua terra, fauna e flora, que mesmo judiadas, merecem o olhar de agradecimento de todo brasileiro, porque você, meu Brasil, não tem culpa do que fizeram com tudo que você tem. DEUS me presenteou quando permitiu que eu nascesse aqui, meu amado Brasil, se todos os brasileiros não receberam e nem recebem tudo o que tem de direito receberem, é porque o problema é bem antigo, eles só continuaram fazendo o que outros começaram. Termino minha carta meu Brasil, falando para você que não acredito em palavra de nenhum homem, hoje só escuto uma única voz, é nela que creio e tenho esperança, em um DEUS que ama você, que o abençoa e que ainda o pode curar, tirando você dessa UTI que há anos e anos  quase o mata.  A "Ordem e Progresso" tão sonhada, sempre foi esperada, mas nenhum brasileiro nunca viu até hoje. 
Com gratidão Brasil, por me acolher no seu chão, onde nasci, e dele receber meu alimento, peço a DEUS pelo socorro que somente Ele pode dar.

De uma brasileira que ama seu país:


 
Teônia Soares
Enviado por Teônia Soares em 07/09/2020
Alterado em 07/09/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras