Teônia Soares

Quem ama, tem olhar diferenciado. Teônia  Soares

Textos


Dança Navegante
                              
 
                                                                                  (Imagem Pinterest)

Quase todos se perdem no mover que tem  o andar;
Todos se amam, desde que sem as frestas, sem arestas;
quando o ser brota da terra longínqua do coração,
sem enganos, quando brotada da Raiz maior,
do céu sereno conduzindo o todo,
tendo a tenda armada no hoje, revestido nas cortinas do amanhã.
Canta o Pássaro, as imagens e cores,
não fale de morte, de cortes;
a mente domada, amada, amando,
rédeas postas em sabedoria,
alegrias (sem o que ilude),  sorrisos, sonhos,
baú aberto da minha embarcação.
Tende ao encontro, nada temos a perdoar,
a mansidão da brisa fortalece a chegada sem olhar para trás,
o resto, deixamos no mundo...
Porque todos nascem para navegar,
plataforma para o encontro final.
Avante! Tudo aguentamos!
Já nos chama a conhecida dança da Vida.


https://www.youtube.com/watch?v=avvgeWEa-zA
 
Teônia Soares
Enviado por Teônia Soares em 17/02/2020
Alterado em 07/06/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras