Teônia Soares

Quem ama, tem olhar diferenciado. Teônia  Soares

Textos

Cor e Poesia
As palavras sobem montanhas
Sem cansaço,
Não existe embaraço
Quando a escrita é verdadeira,
É como uma doce canção,
Vem do coração,
Parece coisa ensaiada,
Tamanha perfeição,
Penso o que faria
Se tivesse que pintar,
Que cores usaria
Para que meus quadros falassem
O que as palavras em mim calassem?
Suportariam os pincéis
O que escreveriam as canetas?
As várias cores, os sentimentos, como se fossem letras?
Ainda pintarei o que escrevo,
É um antigo sonho
Do qual beberei acompanhada,
Esteja o céu com um lindo sol,
Ou numa bela noite enluarada,
Seguirei a estrada da Poesia,
Com as cores,
"Falarei" e pintarei
Amores,
Curarei dores,
Mandarei flores,
A quem da minha arte gostar.
Teônia Soares
Enviado por Teônia Soares em 14/11/2018
Alterado em 14/11/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras