Teônia Soares

Quem ama, tem olhar diferenciado. Teônia  Soares

Textos

MEU DEUS
A luta continua forte,
O humano esquece de Ti,
Corre para o agora,
Não lembra do passado marcado em dores,
Enxerga só os espinhos nas flores,
Busca uma saída fechando todas as portas,
e ainda jogam a chave fora,
Depois clama Teu nome,
Fazendo-se de inocente sendo crente,
sabendo toda a Tua Verdade,
Nada do lago do prazer que leva a morte,
Por sorte ainda há tempo,
Mesmo com toda a ventania que cega,
Há no final uma Luz que se enxerga
Mesmo com os olhos empoeirados de vergonha e dor,
Mesmo adulto querem dar uma de criança no clamor,
Sabendo as tantas vezes que estendestes as Mãos,
Que como um Pai que ama, cuida,
Trata,
Fazes a assepcia necessária para que
a ferida se cicatrize,
O pavor hemorrágico estanque,
E no mesmo instante,
Estás lá Pai,
Mais uma vez a dar a chance
Que quase se foi,
A perdoar as tantas vezes que Te enganaram,
A olhar com Teus olhos misericordiosos...
Quanto aos meus, vivem marejados
Em pleno clamor,
Joelhos dobrados para que eu cresça na
Presença do Senhor,
E continuo na intercessão,
Mesmo com toda a dor do coração,
Meu foco é a Tua Salvação,
Quero ver todos salvos,
livres da perdição,
Firmados na Tua Rocha Viva
Que cheira a Sangue inocente jorrado,
Que sempre dá mais uma chance
Aqueles que querem viver no pecado.
Agradeço-Te Senhor porque
Só Tu És Deus,
Só Tu podes,
Só Tu socorre os Filhos Teus.
Que minha carta seja lida pelo Senhor,
Sei que entende cada linha que escrevo com amor,
Sei que sabes o que estou sentindo
Nesse momento de grande clamor.

Te amo Pai Eterno!

Tua Filha:
Teônia Soares
Enviado por Teônia Soares em 09/11/2010
Alterado em 09/11/2010
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras